Nos últimos anos, com o crescimento das fintechs, surgiram novas modalidades de contas, em especial a conta digital. Essas contas são controladas via aplicativo ou internet, sem a necessidade de se controlar nas agências. Além disso, o melhor de tudo: sem filas ou papeladas.

Apesar das características, há uma confusão enorme sobre os diferentes tipos de conta onde colocamos o dinheiro, em especial às modalidades da conta digital.

Para tirar todas as suas dúvidas, o Unum esclarece na sequência, o que é uma conta digital? Como ela funciona? O tipo de conta a se administrar é corrente ou poupança? Pode ser as duas? Continue por aqui para saber isso e muito mais sobre essa modalidade prática de se administrar uma conta!

O que é conta digital?

Contas digitais são contas de serviços essenciais. Na prática, elas atendem à resolução 3.919/2010 do Banco Central (BC), que obriga os bancos a oferecer um pacote básico de conta corrente. A diferença é que esse tipo de conta possui bem menos burocracias.

Sua movimentação é exclusiva por meios eletrônicos, seja pela internet ou no caixa de autoatendimento. Mas na prática, ainda é uma conta corrente, com pacotes de benefícios mais facilitados. Todos os serviços de uma conta digital podem ser feitos pela internet, como abertura, fechamento, transferências, pagamentos etc.

De acordo com o Banco Central, as contas digitais estão enquadradas na categoria de contas de pagamento. Por não haver uma definição exata sobre elas, podem ser utilizadas nas duas modalidades, tanto corrente, quanto poupança. Portanto, o conceito desse tipo de conta está mais ligado à forma de movimentação da conta, pela internet, do que a uma modalidade específica.

Qual a diferença entre conta digital corrente e conta digital poupança?

A única diferença entre contas digitais, no caso da corrente e da poupança, é que elas devem cumprir com sua regulamentação, determinada pelo Banco Central.

No caso da conta digital corrente, o cliente pode fazer operações financeiras mais básicas. Quem utiliza esse tipo de conta têm direito a um cartão de débito para realizar saques e todos os gastos usam o saldo da conta-corrente. Sem contar, ainda, que o cliente de contas correntes digitais podem gerir todas as movimentações da conta pelo aplicativo.

Por sua vez, a conta poupança, possui os mesmos recursos regulamentados pelo BC. O grande diferencial é a garantia de rendimento. Embora tenha várias vantagens, é importante ressaltar que alguns bancos cobram tarifas para movimentação, mesmo em contas digitais. Além disso, o cliente da poupança pode fazer depósitos, transferências via TED ou DOC, pagamentos e muito mais. Assim como a corrente digital, toda a operação pode ser controlada, de maneira prática e facilitada, pelo aplicativo.

Qual a diferença entre conta digital, conta de pagamento e conta corrente

Apesar de ser uma modalidade não muito nova, a conta digital se confunde com a conta de pagamentos e também com a conta corrente. A seguir, as principais diferenças e semelhanças entre elas. Acompanhe:

Conta corrente

A conta corrente é uma das modalidades mais antigas que existem, além da poupança. Essa opção permite que o usuário movimente dinheiro do dia-a-dia, como salário. Essa conta pode ser gratuita ou possuir taxas de manutenção, isso depende do banco e até do tipo de plano oferecido pela instituição financeira.

A maioria dessas contas também garante que o usuário faça saques e depósitos ilimitados (sujeito a tarifas). Com esse tipo de conta, o cliente pode:

  • Usar o internet banking para checar extrato, transferir dinheiro ou pagar boletos;
  • Realizar saques, depósitos e transferências;
  • Fazer compras com um cartão de crédito ou débito;
  • Utilizar cheques.

Conta digital

A conta digital, por sua vez, refere-se a contas que podem ser controladas pela internet, podem ser correntes, poupanças, de pagamento ou outras. Atualmente, a maioria das contas possui a opção digital. As primeiras contas digitais surgiram das fintechs. O principal objetivo delas é garantir autonomia ao cliente e eliminar burocracias.

Além de facilitar o acesso a serviços financeiros, e menos taxas. Assim como em uma conta tradicional, ao abrir uma conta digital, o cliente dispõe de números bancários para que possa movimentá-la. Veja abaixo o que é possível fazer com a conta digital:

  • Realizar pagamentos, transferências e depósitos;
  • Controlar saldo;
  • Alterar dados cadastrais;
  • E muito mais!

Conta de pagamento

A conta de pagamentos é a modalidade mais recente de todas. Ela foi criada com o objetivo de aumentar a inclusão bancária e a competitividade entre os bancos. Uma conta de pagamento é uma plataforma administrada por uma empresa que presta serviços financeiros, com foco em tecnologia e automação.

Esse tipo de conta permite que outras empresas, além de bancos, prestem serviços básicos de pagamento e conta. Na prática, dispõem de serviços de contas corrente normais, como fazer e receber TED, emitir boletos em nome do titular e outros. Também garantem:

  • Fazer compras em lojas físicas ou online;
  • Opção de crédito e débito;
  • Investir em títulos;
  • Portabilidade do salário;
  • Movimentar e consultar pelo smartphone;
  • Sem taxa de manutenção;
  • Realizar pagamentos e saque nos bancos 24h.